Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
17 de Maio de 2017 às 12:46

Delegação busca soluções junto aos EUA para problemas com o BNY Mellon

A FENTECT, atenta à situação do fundo de pensão dos trabalhadores dos Correios, está sendo representada pelo secretário-geral, José Rivaldo da Silva, em Washington (EUA), para tratar da atuação do BNY Mellon como administrador fiduciário do Postalis. A federação faz parte da delegação formada, também, pelo presidente do instituto, André Luís Carvalho da Motta, e o diretor de Investimentos, Christian Perillier Schneider, pelo vice-presidente de Finanças e Controles Internos dos Correios, Francisco Asênio de Mello Esquefe, e o deputado federal Evandro Roman (PSD/PR). Serão realizados, durante toda a semana, encontros com membros do Congresso e do Poder Executivo dos Estados Unidos.

"Essa delegação da FENTECT, os Correios e o Postalis tem como objetivo a recuperação dos recursos do nosso fundo de pensão. Além de aproveitarmos o momento para fazer denúncia junto aos órgãos dos Estados Unidos, a ideia é unir esforços na busca por soluções para o instituto, para levar melhorias aos participantes e reduzir as cobranças extras", esclareceu o secretário-geral, José Rivaldo.

Cerca de US$ 1,5 bilhão de prejuízo do Postalis é atribuído ao BNY Mellon, dívida que recaiu sobre a empresa de Correios e os próprios trabalhadores, tanto da ativa quanto aposentados e pensionistas. Por isso, advogados e parlamentares norte-americanos, bem como funcionários do Departamento de Estado, vão receber os brasileiros, nestes dias, para debater os melhores caminhos. A ideia é sensibilizar os congressistas daquele país sobre a responsabilidade do banco quanto ao que foi causado pela filial no Brasil.

O BNY Mellon, já acusado por problemas nos EUA e condenado à devolução de quantias significativas aos cidadãos norte-americanos, teve o bloqueio dos bens no valor de R$ 556 milhões, que havia sido declarado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), suspenso aqui no país. Portanto, a delegação cumprirá a agenda, que vai até esta sexta-feira (19), afim de que o banco seja responsabilizado e, dessa maneira, não sejam os trabalhadores culpados pela ingerência e os problemas do Postalis.

É importante frisar a demanda da categoria pela participação na gestão do fundo de pensão, bem como dos demais benefícios e da própria empresa, tendo em vista que são esses os realmente interessados em manter os Correios público e de qualidade a toda população brasileira. A FENTECT está na luta para que sejam garantidos os direitos de cada ecetista, sem cobrançadas injustas e incoerentes com a realidade até mesmo salarial dos empregados, que contam, atualmente, com os menores salários entre empresas públicas e estatais.

Clique aqui e acesse a agenda da delegação, em Washington (EUA).

Galeria de Fotos


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br