Notícias FENTECT

home » Notícias FENTECT
3 de Julho de 2018 às 12:00

Comando orienta pelo estado de greve e descarta qualquer redução de direitos pela ECT

Para esta terça-feira (3), o Comando de Negociações orienta a todos os sindicatos pelo Brasil que aprovem o estado de greve da categoria. Isso porque, durante as últimas reuniões para negociar o Acordo Coletivo de Trabalho 2018/19, a ECT não tem considerado as reivindicações apresentadas na pauta dos trabalhadores. Além das assembleias de hoje, o Comando sugere uma reavaliação do calendário da FENTECT, com as seguintes datas: dia 18 de julho, assembleias para manutenção do estado de greve, até esgotarem as negociações e os dias 24 a 26 de julho para novas assembleias para votação do indicativo de greve, com data a ser orientada pelos representantes da categoria.

Ataques da ECT

As partes vão se reunir esta semana para o debate sobre Benefícios e as Relações Sindicais. Como propostas, a empresa já apresentou uma série de retiradas, como do Vale Cultura, o que limita o acesso do trabalhador aos eventos culturais; do Vale Extra (Peru), que complementa a ceia de tantas famílias; do ônus para a ECT nas liberações de dirigentes sindicais, a fim de dificultar o acesso dos representantes nas bases, e da cláusula que discute o Postalis para, dessa maneira, deixar a categoria largada à própria sorte. Também, a empresa quer alterar o desconto assistencial, uma maneira de dificultar o financiamento da luta e enfraquecer os sindicatos e aumentar os valores de compartilhamento dos tickets alimentação e restaurante. Frente a tudo isso, nenhuma perspectiva de aumento de salário.

O plano de saúde da categoria, tema que tem gerado muitos transtornos a partir das mudanças julgadas pelo TST este ano, continua sem uma proposta benéfica para a categoria. Apenas ataques. Mesmo nas reuniões da semana passada, foram sugeridas alterações para o Acordo, como a redução dos dias de acompanhamento médico e da idade dos dependentes de 18 anos para seis anos; do quantitativo de CIPA’s e exclusão da garantia dos empregados inaptos, quanto ao pagamento dos salários quando indeferido o benefício pelo INSS.

Em frente, enfrente!

Em contrapartida, o Comando de Negociação fez diversas demandas para a empresa, como melhorias em relação aos instrumentos e nos ambientes de trabalho, contra insalubridade; dos uniformes; nos exames e políticas de reabilitação, bem como de prevenção. Os representantes têm rejeitado toda e qualquer cogitação de redução de direitos que a ECT quer impor.

Visando a luta da categoria, com unidade e força, a FENTECT solicita aos trabalhadores que atendam aos chamados dos sindicatos e participem ativamente das mobilizações desta campanha salarial. A empresa já está se baseando na reforma trabalhista para aplicar o pacote de maldades e ataques contra a classe. Tudo isso, sob o pano de projetos de terceirização e privatização dos Correios do governo federal e da própria gestão da estatal.

 


Outras Notícias

Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas dos Correios e Similares - FENTECT

SDS, Ed. Venâncio V, Bloco R, loja 60 - Brasília/DF - CEP:70393-900 - Fone/Fax:(61) 3323-8810 - fentect@fentect.org.br